Arquivo da categoria: Pesquisa

Ampliação da Unifesp – Eu Apoio

Ampliação da UNIFESP

2007/2008 – REUNI

• 1 curso de graduação

• 50 alunos/ano

• 6 docentes, 2 técnicos

2014

• 7 cursos de graduação

• 300 alunos/ano – 100% SISU

• 92 docentes, 43 técnicos

• 3 cursos de pós-graduação strictu sensu.

 

Sete Cursos de Graduação

• 1º Ciclo

• Bacharelado em Ciência e Tecnologia

• 2º Ciclo

• Biotecnologia

• Ciência da Computação

• Matemática Computacional

• Engenharia Biomédica

• Engenharia de Computação

• Engenharia de Materiais

 

Dois novos cursos já aprovados para o Instituto

• Engenharia de energia

• Engenharia de Controle e Automação

Aguardam concessão de docentes e técnicos pelo MEC:

Quatro cursos de pós-graduação

• Mestrado e Doutorado em Biotecnologia

• Mestrado e Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais

• Mestrado em Ciência da Computação

• Mestrado Profissional em Matemática (PROFMAT)

 

Pesquisa Científica e Tecnológica de alta qualidade

• 100 % de professores doutores

• R$ 8 milhões de recursos da FINEP para projetos de pesquisa e desenvolvimento.

• R$ 5 milhões de recursos para projetos de pesquisa da FAPESP (segunda instituição da cidade com maior número de projetos em andamento).

 

 

 

 

Extensão Universitária – Ações Sociais

• Núcleo Educacional de Tecnologia Social e Economia Solidária

• Programa de Economia da Inovação

• Programa de Ensino de Software Livre

• Feira de Ciências

 

A UNIFESP já é a maior universidade pública de São José dos Campos, mas a sua expansão é estratégica para a região, para o país e uma demanda da população.

 

 

Metas do Plano Decenal da Unifesp São José dos Campos – Em 2020 o campus deve ter:

• 5.000 estudantes de graduação

• 1.500 estudantes de pós-graduação

• 500 docentes

• 300 técnicos

• 12 cursos de graduação

 

Novo campus – Parque Tecnológico

• Área total (doada pela prefeitura): 300 mil m2

• Área construída: 23 mil m2

• 20 salas de aula

• 15 laboratórios

• Biblioteca com 1.500 m2

• Restaurante Universitário, Quadra Poliesportiva, Núcleo de Apoio ao Estudante

  • Investimento de 65 milhões na obra e 5 milhões em equipamentos

 

 

Consolidação 2014/2015

Autorização para contratação de

• 60 docentes

• 40 técnicos administrativos

 

Reitora da UNIFESP – Prof. Doutora Soraya Soubhi Smaili

Diretor do Campus de São José – Prof. Luís Leduíno

 

 

 

 

Anúncios

Taxas de suicídios são maiores entre as médicas

Estudo conduzido pelo CREMESP mostra que a taxa de suicídios é maior entre as médicas, comparado com a população em geral:

Taxa de Mortalidade

Taxa de Mortalidade


As causas externas representam 8,2% do total de mortes entre homens, no período de 2000 a 2009, e 14,5% entre as mulheres. Dentro dessa categoria, acidentes automobilísticos (incluindo todo o tipo de automóveis e atropelamentos) contribuíram com quase 40% dos óbitos, em ambos os sexos.

A taxa de mortalidade bruta por causas externas foi de 18,6% por 10 mil médicos na década, sendo que as motivadas por suicídio representaram 3,5%. Porém, dentro da classe de mortes por causas externas, o suicídio contribuiu com cerca de 20% dos óbitos, enquanto as doenças alcoólicas do fígado levaram à morte 27 médicos em uma década (gráfico abaixo).

Tipo de morte por causas externas descritas como causa básica de morte de médicos no Estado de São Paulo entre os anos de 2000 a 2009, de acordo com o gênero. Dados apresentados em porcentagem das mortes por causas externas em cada gênero. *
Clique AQUI para acessar o estudo na íntegra.

Fonte: Estudo da mortalidade dos médicos no Estado de São Paulo: tendências de uma década (2000/2009) – Cremesp/Unifesp/2012