Apelo ao Presidente Lula

Apelo ao Presidente Lula

“Se você não for melhor que hoje no dia de amanhã,
então para que você precisa do amanhã?”
Rabbi Nahman de Bratslav

Não é segredo pra ninguém que o câncer de laringe do Presidente Lula é o que em medicina chamamos de “Doença Tabaco Relacionada”. Trocando em miúdos: o câncer aconteceu por ser o Presidente fumante. O álcool eventualmente consumido por ele agiu potencializando a ação do cigarro.

Depois que a Diretora Geral da OMS – Organização Mundial de Saúde -, a médica Margaret Chan, durante a 15ª Conferência Tabaco ou Saúde informou oficialmente que morrem no mundo, por ano, cerca de 6 milhões de fumantes, os Estados Unidos estão iniciando uma grande campanha contra o tabagismo, incluindo a exposição de imagens vivas de fumantes devastados pelo cigarro. Espera-se um efeito contundente na opinião pública, especialmente entre os jovens, já que 80% dos que fumam começaram a fumar antes dos 18 anos. Está previsto um investimento milionário nesta campanha.

Não me contive e estou fazendo este apelo ao Lula – líder, cidadão, bom brasileiro-, que ele, utilizando os veículos de comunicação disponíveis, conte toda a verdade sobre o seu sofrimento e sobre as conseqüências vividas por ele, no enfrentamento ao câncer que o acometeu. Ninguém tem dúvidas sobre a enorme capacidade de convencimento da qual é dotado o Presidente. Alguns milhões de brasileiros ainda morrem todo ano vítimas do cigarro. Se Vossa Excelência fez do combate à pobreza uma bandeira que marcou seu mandato, poderá com a manifestação pública estabelecer um recorde no combate as mortes provocadas pelo cigarro.

Quando Deputado Federal na legislatura de 79 a 83, quase sozinho, desconhecido, alertei o Brasil para a necessidade de se iniciar uma campanha anti-tabágica forte e abrangente. Acredito ter contribuído para acordar o Congresso Nacional para o problema. Hoje temos uma legislação moderna e eficiente, reconhecida e elogiada pela OMS.

Fico imaginando o sucesso que será o Lula, de corpo presente, vocalizando essa campanha; falando da saudade que sente de sua voz que marcou época na luta pela liberdade. Se porventura esta sugestão o incomodou, Presidente, peço desculpas. Se o comoveu, fico feliz. Tenho certeza de que se Vossa Excelência aderir, milhões de brasileiros encontrarão força para romper os grilhões que os prendem ao cigarro, se livrarão da dependência nicotínica e, com certeza, de gravíssimas enfermidades e morte precoces. Quero deixar claro que não passa pela minha cabeça “ensinar o Padre Nosso ao vigário”. No entanto, médico que sou há mais de 57 anos, sou obrigado a saber que o paciente, por mais importante e inteligente que seja, as vezes se enrosca no sofrimento na busca de uma saída e perde um pouco a noção do horizonte. O cigarro, Presidente, mata mais que as guerras. O verdadeiro Lulinha Paz e Amor poderá ser o grande herói nesta guerra ao tabagismo.

Dr. José de Castro Coimbra

Dr. Coimbra é médico, ex Deputado Federal e ex Presidente da Comissão de Saúde da Câmara.
Foi agraciado com troféu do INCA – Instituto Nacional do Câncer, pelo então Ministro Adib Jatene.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s