Fim dos atestados médicos falsos.

Produzindo formulários de atestados para os médicos do Estado de São Paulo desde 1950, a Associação Paulista de Medicina (APM) aproveita sua experiência para criar a versão digital dos produtos, que será lançada em 2 de abril. Os atestados digitais APM auxiliam no combate às fraudes no sistema de saúde; apresenta-se ainda como importante ferramenta para reduzir prejuízos nas empresas e os golpes contra a Previdência Social.

Pioneiro no mercado brasileiro, o atestado digital APM traz benefícios a todos: diminui o risco dos médicos serem vítimas de fraudadores; assegura que os atestados foram realmente emitidos por médicos e contêm informações verídicas, o que contribui para minimizar afastamentos desnecessários de funcionários; e ajuda, de forma ágil, a evitar que as doenças e afastamentos de empregados sejam contestados ou considerados duvidosos.

“É nosso dever social ajudar no combate esse tipo de fraude”, afirma Florisval Meinão, presidente da Associação Paulista de Medicina. “Já estamos fechando parcerias com uma série de grandes empresas para a utilização de versão digital, que é, sem dúvida, uma defesa para médicos, pacientes e empresas”

“Os atestados digitais têm exatamente os mesmos campos dos impressos, mas como são preenchidos eletronicamente pelos médicos, não podem ser falsificados depois”, completa o diretor de Previdência e Mutualismo da APM, Paulo Tadeu Falanghe.

Para emitir um atestado digital, os médicos precisam do e-CPF (saiba mais aqui http://www.apm.org.br/certificadosdigitais). A partir deste documento, cada e-atestado gera um número extenso, chamado de Hash. Esta combinação de números é única para cada documento e assegura a veracidade das informações contidas. Depois de emitidos, os atestados digitais podem ser consultados no próprio site da APM, para confirmar sua veracidade e informações. Ainda será possível imprimi-los para anexar em fichas médicas e trabalhistas.

“Dessa forma, a empresa pode checar se as informações do atestado são verdadeiras”, explica Marcelo Botelho, diretor da Veus Technology, empresa contratada pela Associação Paulista de Medicina para desenvolver o atestado digital.

O atestado médico e o de saúde ocupacional, ambos produtos digitais da APM, poderão ser adquiridos tanto por médicos que atuam como pessoa física quanto por clínicas, hospitais e empresas.

Problemas mais comuns

Hoje, entre as infrações mais comuns nos sistemas de saúde de todo o mundo estão a falsificação de recibos de consultas, exames e cirurgias e o superfaturamento de procedimentos hospitalares, sendo as falsificações de atestados médicos muito comuns no Brasil. Frequentemente, há detenções em diversas cidades por conta de atestados médicos falsificados.

De acordo com estimativas da Associação Brasileira das Empresas de Medicina de Grupo (Abramge), cerca de 20% das despesas de atendimento são representadas por fraudes. A imprensa tem denunciado frequentemente reportagens sobre a facilidade de se obter atestados falsos, a exemplo do Jornal Hoje, da Rede Globo, em 7 de março (http://g1.globo.com/jornal-hoje/videos/t/edicoes/v/comprar-atestado-medico-e-cada-vez-mais-facil-no-brasil/1845656/).

Em Brasília, recentemente, o Correio Braziliense noticiou que a Secretaria de Educação abriu auditoria para investigar recorrência incomum: na semana anterior ao carnaval, 900 docentes não assumiram os postos alegando algum tipo de doença. Mais de 600 tinham atestados com mais de 15 ou 30 dias. Outra reportagem sobre a prisão de três pessoas envolvidas com o crime em maio de 2010, da Gazeta de Cuiabá informa que a taxa de absenteísmo por motivos médicos na capital matogrossense chegava a 2% nas grandes empresas, o dobro do considerado aceitável, sendo que dois anos antes o percentual era de 5%.

Na capital paulista, mais de mil atestados falsos prontos para venda foram apreendidos em uma operação no mês novembro de 2009, que culminou com a prisão de 14 pessoas na região da Praça da Sé. Sendo combatido desde 2008, o crime ainda traz muitos prejuízos a empresas dos setores público e privado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s